Forks
Olá rpgista.

Se já for usuário, favor logar com sua conta.
Se é sua primeira vez no board, favor se registrar e fazer sua seleção.

Para saber o que está acontecendo na Forks, siga-nos no Twiiter:
http://twitter.com/RpgForks/

O grupo RPG Forks deseja a todos um bom jogo.

Atenciosamente,

A Administração.

RPG Forks,2009.



 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Será que você consegue sobreviver a esse mundo? Vampiros e Lobisomens vagam juntos pelos arredores de uma mesma cidade, como pode ser? Como duas raças tão diferentes e muitas vezes inimigas podem ficar tão juntas sem ter tantos confrontos? Talvez seja um inimigo em comum unindo os dois ou talvez alguém que pense pertençer aos dois lados?
Quem poderá dizer?
 
Data: 29/10/2010
Dia da Semana: Quinta-feira.
Tempo: Nublado, 20º C
Visibilidade: 75%
Lua: Minguante.
Acontecimentos: ; Preparativos para festa de Halloween; ações livres..
 
------------------------
Início: 10/10/09
Término: Sem data
 
 
 
 
As notícias da rádio The Mélusine em Breve!
 
Primeiro Artigo da The Mélusine
 
 
   
:Post:
Emmett Cullen
"Como se eu ligasse para a postura dela. Sai do corredor, sem ligar para o que ela havia falado."
 
:Casal:
Dimitry & Leah
 "Queria os braços protetores de Dimy ao meu redor, queria ouvir ele murmurando ao meu ouvido que me amava..."
 
Emmett & Rosalie
"Beijei como, talvez, nunca tivesse beijado em seus quase cem anos de vida. Envolvi ela em meus braços nus, apertando-a levemente."
 
:Feminino:
Rosalie Hale
"Acreditava que era somente pelo fato de estar sempre preocupada com outras coisas, sua mente estava sempre ocupada com textos, livros que foram lidos mais de uma vez..."
 
:Masculino:
Dimitry Wentworth
"Levantei a cabeça, angustiado, pensando que se minha irmã tivesse feito algo talvez Leah estivesse ali comigo."
 
 
 
Querendo firmar parceria com a Forks basta enviar uma MP com o link do seu fórum e button para Narrador ou ainda um e-mail para rpgforks@gmail.com. Colocaremos seu button aqui assim que o nosso for adicionado nas parcerias.
 
Fórum grátis
 
 
 
 
 
 
One More Kiss
 
 

Forks é uma idealização de Fer e Gih.
Layout do fórum feito por Teka, com imagens, em sua maioria, tiradas da busca do google.
Trama, descrições, histórias criadas por Dih, Fer e Gih. Qualquer uso do conteúdo ou nomes criados aqui, necessita de autorização dos mesmos.
Regras geras e conteúdo adulto cedido pela Admin's da Beauxbaton.
 
O conteúdo, foi baseado nas obras de Stephanie Meyer, Anne Rice e André Vianco, com adaptações para a trama e história do jogo.
 

Compartilhe | 
 

 Bosque

Ir em baixo 
AutorMensagem
Narrador
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 233
Data de inscrição : 01/05/2009

MensagemAssunto: Bosque   Sex Maio 29, 2009 6:52 pm



Um local maravilhoso, mas que proporciona uma possibilidade enorme de se perder. É um local um tanto perigoso para humanos, pois alguns vampiros podem estar rondando o local...

Obs: Tópico exclusivo para post Teste de Vampiros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rpgforks.forumeiros.com
Andrew Rosier
Vampiros
Vampiros
avatar

Mensagens : 15
Data de inscrição : 18/07/2009

MensagemAssunto: Re: Bosque   Sab Jul 18, 2009 2:21 am

Era fato que aquele grupo não era confiável, talvez fosse
melhor caçar sozinho, não por Laurent apesar de ter o mesmo olhar maníaco era
sem duvidas melhor que Victoria, aquela sim metia medo só de existir, e agora
com a chegada de mais uma estranha ela estava a ponto de surtar
Não sei como esse tal James a agüenta. – O que levantava a
questão que só alguém pior que ela pra poder suportá-la, de fato eles não eram confiáveis.
Bom gente acho que esse grupo ta cheio demais, e eu sou um pouco egoísta... Então acho melhor eu me mandar...

Disse dando as costas para o trio, andava devagar, onde
caçaria agora? A floresta certamente, embora fosse longe de onde estava era o lugar mais seguro por assim dizer.
Embrenhou-se na escuridão a distância não se é tão longa
quando se é tão rápido. Achava pouco provável que encontrasse algo por ali,talvez ainda tivesse o desprazer de esbarrar com um dos Cullen. Caminhava por entre as arvores com dificuldade, aqueles babados de fato não estavam ajudando, tentava passar com delicadeza, afinal aquela roupa custara uma pequena fortuna.

Já havia andado por incontáveis minutos, e nada. -
Antes
tivesse ficado com os três.
- Tê-los abandonado agora já não se mostrava uma idéia tão boa assim. Por fim um ruído, certamente um animal, uma leve brisa viera de encontro com Rosier e junto a ela um adorável cheiro de sangue fresco.Rosier fixara seus olhos na direção do cheiro, já não andava, corria.

Aproximou-se o mais que pode, subira em uma das arvores,
seus olhos se deleitavam com a figura que passeava inocentemente pela lúgubre
floresta, uma moça parecia não ter dado ouvido as lendas locais, bom para
ele...

Alguém ai?

Perguntava a bela donzela, que por sinal era de uma beleza real, se Rosier não estivesse acostumado com isso certamente teria ficado a contemplá-la horas a fio sobre a luz do luar. Esgueirou-se por dentre as árvores, aproximando-se vagarosamente, ate por fim estar atrás da bela presa.

A sim, certamente que há alguém aqui, alias sempre há alguém
aqui...

Disse fazendo uma posse pomposa de época, circulava a mulher
olhando-a de cima abaixo.
– Curioso entre todos os lugares de Forks, por que a bela senhorita interessar-se-ia logo por este?

Disse olhando em volta, Rosier sempre tivera a péssima mania
de conversar com o jantar. Era de fato uma pena ter que saciar sua cede em uma mulher de atributos tão notavéis, por um minuto o inglês quase sentira-se culpado por ter que extinguir um exemplar tão.. tão... "bom". Quem sabe antes, para que a culpa diminuisse ele pudesse fazer uso de tão voluptuosos atributos, a cena formara-se a mente promiscua do rapaz, ela aprecia de fato assustada, mas nada que ele mesmo não pudesse ajeitar.

Aproximara-se mais da mulher, esta não fugira, talvez se desse ao magnetismo atribuido aos de sua raça, Rosier apenas sorria. Encurralara-a contra uma arvore, podia sentir o calor do corpo dela. Suas gelidas mãos escorregavam pelo ombro levando com elas as infimas alças da blusa da não mais temerosa mulher...
Os quentes labios encontraram-se aos dele, sem ele sequer pedir... Ela havia cedido... como dotoas as anteriores... O Jantar estava servido!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Oni
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 59
Data de inscrição : 24/05/2009

MensagemAssunto: Re: Bosque   Sab Jul 18, 2009 6:40 pm

Olá Sr. Rosier,

Informamos que sua seleção foi aceita.
Seja Bem Vindo a Forks.

Oni.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tyler Farro
Vampiros
Vampiros
avatar

Mensagens : 2
Data de inscrição : 29/09/2009

MensagemAssunto: Re: Bosque   Qui Out 01, 2009 2:26 pm

~°~Narração~º~
>>Falas<<


O alvorecer acorda a Terra e, junto dela, os perigos da vida.


~°~A garota delicada andava na ponta dos pés, solitária e indefesa. Seus passos silenciosos eram suaves e calmos, levando-a ao Norte, onde uma vista maravilhosa podia ser admirada pelos humanos que se aventuravam entre as árvores do bosque. Seu rosto claro contrastava com os olhos e os cabelos negros, o que lhe dava um poder de sedução difícil de ser ignorado. Seu corpo coberto por um vestido curto sem mangas era frágil e juvenil. Se movia com simplicidade, sem dar passos largos ou desajeitados, o que ocorria com a maior parte dos homens que andavam por aquela região. Nunca uma garota humana havia chamado a atenção de Tyler, ela era a primeira. Seus cabelos balançavam devagar por cima do ombro, seguindo o sopro de vento que vinha da direção oposta, fazendo-a parecer com uma deusa jovem vinda do céu.~º~

>>Bom dia meu anjo.<<

~°~O vampiro admirou sua presa por quase uma hora sem fazer nenhum ruído. Acostumado a passar despercebido, seguiu-a por cima dos troncos grossos, resistindo à sede de sangue para poder apreciar a beleza singular da garota.
A aparência de Tyler já fora mais atraente, mas os anos passados na rua o fizeram perder a vaidade. Seu rosto coberto por uma camada fina de terra marrom, os cabelos sujos, as unhas avermelhadas e as roupas velhas camuflavam o jovem nas avenidas cheias de moribundos e no escuro do bosque. Os olhos claros, a postura confiante e os traços finos lhe davam o pouco que possuía de elegância. O primeiro raio de sol que alcançou os garotos naquela hora da manhã iluminava a menina pelas costas, fazendo o cabelo esvoaçante brilhar intensamente.~º~


>>Posso saber seu nome?<<

>>Joane.<<

~°~Apenas os jovens faziam parte da cena. Ninguém saía pelo bosque tão cedo. O rosto da garota, claramente assustado, possuía dois olhos bem abertos, pupilas dilatadas, marcas de expressão leves e dentes pequenos e brancos sobre o lábio inferior. Estava espantada, pois o estranho surgira sem ser notado e ela, apesar de parecer distraída e frágil, era observadora e perspicaz. A luz vinha com cada vez mais força enquanto Tyler encarava sua presa com curiosidade e audácia. Passava os olhos pelas pernas, o tronco, os ombros e o rosto. Todos os contornos se uniam e criavam uma sintonia única e maravilhosa.~º~

>>Joane, você sabe que hoje é seu último dia, certo?<<

~°~Sem resposta, Tyler admirava mais uma vez a garota. A bravura que mostrava enquanto enfrentava-o daquela maneira. O atacante se dava um longo passo a frente, mas não obteve reação alguma por parte da vítima. A menina simplesmente o encarava firme nos olhos e mantinha a postura arisca.~º~

>>Admiro sua coragem, mas sinto dizer que você vai ter de responder ou vou quebrar todos os seus ossos e deixá-la jogada no chão até morrer de dor. Estou te dando uma chance, você pode passar a eternidade ao meu lado ou morrer como um vegetal agora mesmo.<<

>>Então você é o famoso vampiro que ronda minha cidade? Já ouvi rumores sobre você.<<

>>Não…Há muitos de nós por aqui. Agora que respondi sua pergunta, responda a minha depressa, estou com fome.<<

~°~Joane cai de joelhos e Tyler se aproxima sem esperar uma resposta. Com a cabeça baixa, ela permite que o monstro use as mãos para controlar seu cabelo esvoaçante e aproximar a boca próximo ao pescoço fino. Suficientemente próximo para que o golpe com a cabeça sobre o rosto do garoto o machuque. A corrida é desesperada, ela passa por uma, duas, quatro, dez árvores, mas o bosque é grande e ela não consegue vencer a velocidade assustadora do vampiro. Foi um bote desmasiadamente violento, antes de matá-la, ele faz questão de quebrar um dos braços e beijá-la na face. Os olhos vermelhos brilham antes do salto que o leva de volta ao topo das árvores, de onde pode observar os transeuntes inocentes que passam por seu caminho.~º~
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melissa Bready
Vampiros
Vampiros
avatar

Mensagens : 33
Data de inscrição : 29/06/2009

MensagemAssunto: Re: Bosque   Seg Out 12, 2009 2:23 pm

Narração
Pensamentos
Falas da mell
Falas do NPC
Falas da Johan

Melissa Bready era uma jovem Comum aos olhos humanos, só que ela não era mais humana e sim uma vampira sanguinária com seus lindos olhos vermelhos por causa da mutação a bela jovem estava em casa sem fazer nada pensou então em dar uma volta como sempre suas noites eram totalmente tediosas só havia a televisão ou também havia uma coisa chamada caçar humanos tolos e idiotas sendo assim uma boa refeição melissa não era má só eliminava humanos para sua sobrevivência foi em algum bar mais próximo tentar a sorte no homem mais idiota que encontrasse ou mais bêbado dito e feito chegando ao local encontrou vários só que acabou escolhendo um homem de uma base de seus 25 anos, meio sarado, olhos castanhos, cabelos pretos e curtos parecia ser um idiota que possivelmente tentaria fazer sexo com melissa a carinha de santa que a menina tem engana qualquer idiota chegando próximo ao homem ela fala com aquela doçura:

- Oi, meu nome é melissa bready e o seu gato? O homem parecia esta sem jeito mais era isso que a jovem queria então ele responde - Meu é Thiago Miller prazer, deu um beijo no rosto da bela ruiva mais não era o que ele queria fazer a ruiva então falou - mais pode me chamar de Mell dar um selinho no homem que logo ele se levanta e diz:

- Vamos sair daqui o que tu acha? a jovem confirma com a cabeça e os dois saem do estabelecimento e vai ao encontro do bosque, pois o homem estava a pegar fogo com o selinho de mell e queria mais que isso e a jovem não é boba nem nada sabia já de tudo até o que faria com ele, enquanto ele encostou-se a uma árvore do bosque a jovem estava vasculhando o carro do homem acho uma carteira de cigarros e um isqueiro do lado acendeu um cigarro e começou a fumar adorava fumar antes de dar o bote nas pessoas tolas que se atraem pela beleza dela Thiago chegou mais próximo da jovem parecia que ia dar em cima dela e diz:

- O que faremos agora estamos sozinhos só aqui, deu um beijo bem caliente na garota já esperava por isso, mas antes do homem pensar em outra coisa mell já colocou suas prezas em posição de ataque e começou a morder o pescoço dele parecia que isso estava dando tesão ele estava gostando da dor só que depois de um tempo começou a incomodar e ele tentou fugir só que a garota olhou diretamente para os olhos do homem e disse:

- você não vai sair daqui não tu está gostando disso. E o garoto realmente começou a gostar quase ninguém sabia que nos olhos da ruiva encontrariam encantos de hipnose que só quem sabia era ela e poucas pessoas próximas a elas como a Johan connor uma grande amiga e também fornecedora do seu vício que começou quando tinha uns 15 anos quando seu namorado deu um comprimido a ela pra se soltar mais só que ela pensava que era para não engravidar ou coisas do tipo depois de um tempo ela se viciou nesse comprimido que ela descobriu que era estase uma droga e depois provou coca e não parou até hoje é viciada em coca antes de dissolva o corpo em algum lugar no bosque ela pegou suas chaves e saiu com ele pelo bosque e deixou no lugar mais longe que achou depois disso ela saiu quase se perdia encontrou um grupo do que parecia eram alguns vampiros reunidos e deu de cara com uma moto que era muito familiar já notou que era Johan que estava lá então disse:

- Johan você por aqui que sorte a minha deu um abraço na amiga e pediu pra deixar - lá no começo do bosque por que estava meio perdida então a menina concordou só que perguntou – o que você fez hoje mell ? a ruiva respondeu hoje eu cassei um pouquinho e consegui uma preza depois johan a deixou até no começo do bosque depois voltou para a reunião dos vampiros onde havia uma fougueira e a bela ruiva saiu de carro em direção a sua casa que seus pais deixaram de herança.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Oni
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 59
Data de inscrição : 24/05/2009

MensagemAssunto: Re: Bosque   Seg Out 12, 2009 10:06 pm

Olá Srta. Bready,

Informamos que sua seleção foi aceita.
Seja Bem Vinda a Forks.

Oni.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Bosque   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Bosque
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Forks :: Forks :: Procedimento de Seleção :: Vampiros :: Vampiros-
Ir para: