Forks
Olá rpgista.

Se já for usuário, favor logar com sua conta.
Se é sua primeira vez no board, favor se registrar e fazer sua seleção.

Para saber o que está acontecendo na Forks, siga-nos no Twiiter:
http://twitter.com/RpgForks/

O grupo RPG Forks deseja a todos um bom jogo.

Atenciosamente,

A Administração.

RPG Forks,2009.



 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Será que você consegue sobreviver a esse mundo? Vampiros e Lobisomens vagam juntos pelos arredores de uma mesma cidade, como pode ser? Como duas raças tão diferentes e muitas vezes inimigas podem ficar tão juntas sem ter tantos confrontos? Talvez seja um inimigo em comum unindo os dois ou talvez alguém que pense pertençer aos dois lados?
Quem poderá dizer?
 
Data: 29/10/2010
Dia da Semana: Quinta-feira.
Tempo: Nublado, 20º C
Visibilidade: 75%
Lua: Minguante.
Acontecimentos: ; Preparativos para festa de Halloween; ações livres..
 
------------------------
Início: 10/10/09
Término: Sem data
 
 
 
 
As notícias da rádio The Mélusine em Breve!
 
Primeiro Artigo da The Mélusine
 
 
   
:Post:
Emmett Cullen
"Como se eu ligasse para a postura dela. Sai do corredor, sem ligar para o que ela havia falado."
 
:Casal:
Dimitry & Leah
 "Queria os braços protetores de Dimy ao meu redor, queria ouvir ele murmurando ao meu ouvido que me amava..."
 
Emmett & Rosalie
"Beijei como, talvez, nunca tivesse beijado em seus quase cem anos de vida. Envolvi ela em meus braços nus, apertando-a levemente."
 
:Feminino:
Rosalie Hale
"Acreditava que era somente pelo fato de estar sempre preocupada com outras coisas, sua mente estava sempre ocupada com textos, livros que foram lidos mais de uma vez..."
 
:Masculino:
Dimitry Wentworth
"Levantei a cabeça, angustiado, pensando que se minha irmã tivesse feito algo talvez Leah estivesse ali comigo."
 
 
 
Querendo firmar parceria com a Forks basta enviar uma MP com o link do seu fórum e button para Narrador ou ainda um e-mail para rpgforks@gmail.com. Colocaremos seu button aqui assim que o nosso for adicionado nas parcerias.
 
Fórum grátis
 
 
 
 
 
 
One More Kiss
 
 

Forks é uma idealização de Fer e Gih.
Layout do fórum feito por Teka, com imagens, em sua maioria, tiradas da busca do google.
Trama, descrições, histórias criadas por Dih, Fer e Gih. Qualquer uso do conteúdo ou nomes criados aqui, necessita de autorização dos mesmos.
Regras geras e conteúdo adulto cedido pela Admin's da Beauxbaton.
 
O conteúdo, foi baseado nas obras de Stephanie Meyer, Anne Rice e André Vianco, com adaptações para a trama e história do jogo.
 

Compartilhe | 
 

 Hospital

Ir em baixo 
AutorMensagem
Narrador
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 233
Data de inscrição : 01/05/2009

MensagemAssunto: Hospital   Sex Maio 29, 2009 6:37 pm



O único hospital do lugar, não é muito grande como todo o resto que se encontra em Forks, Carlisle Cullen é o 'fundador' e o médico local. Como todo hospital não é um lugar agradável, mas bastante movimentado.

Obs: Tópico exclusivo para post Teste de Caçadores.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rpgforks.forumeiros.com
Caleb Simms
Mortos
Mortos
avatar

Mensagens : 5
Data de inscrição : 11/06/2009
Idade : 37

MensagemAssunto: Re: Hospital   Sex Jun 12, 2009 9:25 am

I can't remember
Narração
-Falas-
-Falas de outros-


- Claudia... Tinha tido aquele pesadelo de novo, aquele sonho horrendo do qual não conseguia me livrar. Acordei embotado de suor, o cabelo caindo nos olhos atrapalhava a visão, tentei me erguer, mas algo me amarrava na cama, olhei ao redor exaltado. Não estava em casa, aquilo ali era o hospital, minha cabeça latejava e eu queria morrer.

- Mas que merda, da pra me explicar o que esta acontecendo?-

Gritei para uma enfermeira que acabava de entrar na enfermaria. Ela tinha uma bandeja nas mãos, e um olhar frio, permaneceu calada como se eu não tivesse lhe dirigido a palavra. Tirou uma seringa da bandeja dispensando o conteúdo no finíssimo tubo que levava soro até a minha veia. Respirei fundo enquanto me afundava no travesseiro, com certeza aquilo era um sedativo, um sossega leão em alta dosagem, dei um sorriso besta percebendo que meus olhos se fechavam. Em alguns segundos tinha caído em um sono profundo.

Quando abri os olhos de novo, tive certeza que haviam se passado algumas horas, pois o sol que antes inundava a enfermaria estava baixo e deixava entrar uma luz alaranjada de fim de tarde. Concentrei-me em lembrar dos fatos. Será que tinha sofrido um acidente de moto? Será que a moto estava bem?? Ou eu tinha tido um dos ataques que costumava ter no manicômio? Alguém me colocou ali, mas quem foi?

Vasculhei a mente em busca de respostas, mas nada me ocorreu. Então senti uma pontada na perna esquerda, bem no local da enorme cicatriz que percorria metade da coxa, tentei mover os lençóis para ter uma visão do machucado, para saber a gravidade da situação, mas infelizmente não consegui. Mais uma vez olhei ao redor procurando por alguém que pudesse me ajudar, ou pelo menos me dar alguma informação. Avistei uma moça, com seus 17 anos, a loirinha também era uma paciente, mas ao contrario de mim não estava amarrada na cama. Ela sorriu calçando os chinelos e vindo em minha direção. Depois soltou meu braço direito, deixando preso o esquerdo (que estava com o soro). Agradeci, com um aceno de cabeça e fui logo verificar a minha perna.

No local da cicatriz havia outra ferida, o mesmo tamanho, a mesma proporção, só que menos profunda. Os médicos tinha feito uma sutura e colocaram alguns grampos para segurar a carne.

- Eles te trouxeram ontem a noite, estava desacordado, ouvi dizer que tinha acabado de sair de uma cirurgia- disse a menina apontando para minha perna. - Você teve sorte, o Dr. Cullen disse que talvez teriam que amputar.

Depois de dizer tais palavras e ver o terror em meus olhos a garota voltou para sua cama, saltitante. Eu a observei calado, digerindo a informação. AMPUTAR?? Só a ideia me dava medo, se isso tivesse acontecido eu jamais poderia pilotar de novo. Olhei pela janela vendo o tempo passar, esperava lembrar de algo entender o que tinha acontecido, mas minha mente estava em branco, nem ao menos uma mera lembrança das ultimas 24 ou 48 horas, nada que pudesse me dar uma explicação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Oni
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 59
Data de inscrição : 24/05/2009

MensagemAssunto: Re: Hospital   Dom Jun 14, 2009 6:50 pm

Olá Sr. Simms,

Informamos que sua seleção foi aceita.
Seja Bem Vindo a Forks.

Oni.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Guilherme Toscanni

avatar

Mensagens : 2
Data de inscrição : 07/07/2009

MensagemAssunto: Re: Hospital   Dom Jul 12, 2009 3:44 am

A Chegada do Guerreiro
-Narrações-
-Pensamentos/sonhos-
-Minhas falas-

-Falas dos Outros-

Sangue. Quente e vermelho, sinal de uma vida que vai se esvaindo, neste caso já se esvaiu. Vejo o corpo nu e sem vida de minha esposa deitado sobre o assoalho de madeira e uma maldita sombra pairando sobre ela.
Ofegando, olho para aquela linda lâmina de prata manchada de vermelho, e em sequencia levanto os meus olhos para o real algoz de minha família e da minha felicidade e com um guincho estridente ele parte para cima de mim...

-Desgraçado!

-Cala a boca ai, tem gente querendo dormir! Alguém gritou a algumas camas ao lado

Maldito sonho que me persegue, mas afinal, o que estou fazendo aqui? Não estou conseguindo reconhecer esse local. E porque a minha cabeça dói?

Vamos recapitular a minha chegada. Cheguei nesta cidade a menos de um dia, seguindo o rastro dessa escória sugadora de sangue. Conversei com o Chefe de Polícia e me identifiquei como um policial aposentado, ele me deu as boas vindas e indicou um de seus policiais para fazer um tour pela cidade.
Ele me mostrou o hospital, uma boa pensão para eu arrumar um quarto para alugar e me mostrou a Floresta...

-...amputar a sua perna. Disse uma voz feminina

-Puta que pariu! Estou num hospital! Gritei assustado

- Não, esta num açougue... É claro que você ta num hospital seu escandaloso, agora fica quieto ai que eu tenho uma cirurgia para daqui a algumas horas! Gritou a mesma voz da cama vizinha

Ok Guilherme, fique calmo e continue a recapitular.

Certo, ele me mostrou a Floresta e disse: "Não entre aqui, não importa o motivo fique longe dessa floresta". Ok, depois disso fui até a pensão, peguei um quarto, deixei lá as minhas coisas, isso era de manhã ou a tarde? Minha cabeça doi demais...

Concentração Guilherme, o que mais ocorreu? Deixe me ver. Ah sim, eu fui caminhar pela orla da floresta, lembro-me de estar com uma faca no cinto, onde será que ela esta agora? Isso não importa no momento, lembro-me de entar na floresta durante o crepúsculo, lembro-me das malditas sobras sugadoras de sangue chegando próximas a mim...

Rapidamente colo a mão no pescoço

Ufa, nenhuma marca.

Prosseguindo, vejamos, crepúsculo, sombras, Floresta e finalmente uma pancada na cabeça, apagão, ser arrastado para fora da Floresta e acordar assustado nesse hospital.

Será que consigo lembrar de mais alguma coisa?

-Deve sim, mas se não ficar quieto eu dou um jeito de você esquecer de tudo. Vai dormir sua praga! gritou o vizinho irritado.

Realmente, depois dessa é melhor eu dormir, pode ser que pela manhã eu lembre do ocorrido, porque com essa dor de cabeça acho que não vou conseguir muita coisa.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Guilherme Toscanni

avatar

Mensagens : 2
Data de inscrição : 07/07/2009

MensagemAssunto: Re: Hospital   Dom Jul 12, 2009 3:47 am

Desculpe qualquer erro de digitação, meu teclado ta horrível
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Hospital   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Hospital
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» FANFIC - My Lovely Stepmother ♥
» Amber Heard
» Em direção ao Hospital...
» Ragnarök City

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Forks :: Forks :: Procedimento de Seleção :: Humanos :: Caçadores-
Ir para: